quinta-feira, 2 de setembro de 2010

Consumado - Arnaldo Antunes (2004)

Tô louco pra fazer
Um rock pra você
Tô punk de gritar
Seu nome sem parar

Primeiro eu fiz um blues
Não era tão feliz
E de um samba-canção
Até baião eu fiz

Tentei o tchá tchá tchá
Tentei um yê yê yê
Tô louco pra fazer
Um funk pra você

E tá consumado
Tá consumado
Tá consumado
Tá consumado

Fiz uma chanson d'amour
Fiz um love song for you
Fiz una canzone per te
Para impressionar você

Pra todo mundo usar
Pra todo mundo ouvir
Pra quem quiser chorar
Pra quem quiser sorrir

Na rádio e sem jabá
Na pista e sem cair
Um samba pra você
Um rock and roll to me

E tá consumido
Tá consumido
Tá consumido
Tá consumido

Fiz uma chanson d'amour
Fiz um love song for you
Fiz una canzone per te

Para impressionar você

2 comentários:

Poesias, Poemas e Promessas disse...

Arnaldo Antunes é o POETA, sua criação encanta, suas palavras, seu jeito totalmente novo e criado por ele mesmo e ele supera a si mesmo sob prismas jamais expressos em letras... uma Fanscinação em ler Arnaldo Antunes.

F@bio Roch@ disse...

...muito divertida, inteligente e criativa...hum, aliás, Arnaldo Antunes dispensa comentários kkkk parabéns!!!...estava passando e encontrei o seu blog, nota 10!! Já to lhe seguindo, ME SEGUE TÁ?!?!
Abraço...